BrOffice.org: Conectando o OpenOffice.org ao MySQL

Tradução do artigo “Connect OpenOffice.org to MySQL“, do Linux.com, escrito por Dmitri Popov.
Link original: http://www.linux.com/article.pl?sid=07/02/12/1736203.

Uma das boas coisas do OpenOffice.org é a capacidade dele de usar diferentes sistemas de banco de dados. Basta que ele receba o driver correto e o OpenOffice.org pode se conectar a virtualmente qualquer banco de dados, inclusive ao MySQL. Porém, decidir qual driver de banco de dados usar e como estabelecer a conexão entre o MySQL e o OpenOffice.org pode ser um pouco difícil. Vamos dar uma olhada no processo.
Primeiro de tudo, você deve escolher qual driver (também conhecido como conector) deverá ser usado. O MySQL oferece dois conectores que permite que você manipule dados do MySQL a partir do OpenOffice.org: o driver ODBC para MySQL (Connector/ODBC) e o driver JDBC para MySQL (Connector/J). O último é mais fácil de instalar e configurar, e pode ser usado em Linux, Windows e MacOS/X (ele inclusive funciona com o NeoOffice) exatamente do mesmo modo. Porém, como o seu nome sugere, o Connector/J exige que o Java esteja instalado em sua máquina. Apesar de agora o nível de liberdade do Java já não é mais uma preocupação, você ainda precisará ter certeza de que o ambiente do Java (Java Runtime Environment – JRE) está instalado e foi adicionado no OpenOffice.org. Outro problema com o Connector/J, mais sério, é a funcionalidade razoavelmente limitada quando ele é usado com o OpenOffice.org Base. Por exemplo, usando a GUI do Base, você pode criar uma chave primária, mas não pode ativar a propriedade auto_increment dele. Você pode contornar essa limitação, você pode criar o banco de dados usando o editor interno de SQL (Ferramentas | SQL). Por exemplo: `ID` INT( 10 ) NOT NULL AUTO_INCREMENT PRIMARY KEY. Além disso, você pode usar ferramentas à parte, como o phpMyAdmin ou o HeidiSQL.
O Connector/ODBC não possui tais limitações, mas instalá-lo e configurá-lo é um processo mais complicado. Além disso, no Linux, o conector funciona melhor quando o banco de dados MySQL está instalado na mesma máquina, pois o driver espera encontrar o arquivo mysql.sock em um determinado diretório, falhando em se conectar se ele não for encontrado lá (como pode acontecer com conexões remotas). Claro que você pode fazer o driver se conectar a um banco de dadosremoto, mas como isso exige certos esoterismos, normalmente não vale a pena – principalmente no caso de você planejar instalar o driver em múltiplas máquinas.
Como uma regra rápida, tente primeiro usar o Connector/J se você estiver rodando Linux ou MacOS/X e você se sentir a vontade usando SQL, ou ainda puder editar o banco de dados usando uma ferramenta à parte. Se você for um usuário Windows ou Linux com o MySQL instalado na máquina, então você pode optar pelo Connector/ODBC.

Usando o Connector/J:

Para começar a instalação do driver JDBC do MySQL (Connector/J), copie-o do site da MySQL, descompacte o arquivo copiado e mova o arquivo mysql-connector-java-x.x.x-bin.jar resultante para um local conveniente (por exemplo, seu diretório home). No OpenOffice.org, escolha Ferrmanetas | Opções | Java. Verifique se um JRE Java adequado está selecionado e então clique no botão Class Path. Em seguida, clique em Adicionar Arquivo e selecione mysql-connector-java-x.x.x-bin.jar. Clique em OK para salvar as configurações e feche a janela, e então reinicie o OpenOffice.org.
Agora você está pronto para conectar o OpenOffice.org à sua base de dados MySQL. No OpenOffice.org, escolhar Novo | Banco de Dados. No Assistente de Banco de Dados, selecione a opção “Conectar a um banco de dados existente”, selecione MySQL da lista e clique “Próximo”. Selecione a opção “Conectar usando JDBC (Java Database Connectivity) e clique “Pŕoximo”. Especifique o nome do banco de dados e o endereço do servidor usando os campos apropriados. Para garantir que o driver de JDBC do MySQL está funcionando corretamente, clique o botão “Test class”. Uma vez que o driver seja carregado corretamente, clique “Próximo”. Entre com o nome do usuário do banco de dados no campo “Nome do usuário”. Se o usuário adicionado exigir uma senha, marque a caixa “Senha obrigatória”. Para ver se tudo funciona como esperado, clique no botão “Testar conexão”. Clique no botão “Próximo”, selecione a opção “Sim, registre o banco de dados para mim” e clique em “Concluir”. Dê um nome ao banco de dados e salve-o.

Usando o Connector/ODBC no Ubuntu:

Se o Connector/J funcionar para você, tudo bem. Caso contrário, tente o Connectior/ODBC. O processo para o fazer funcionar é um pouco diferente, dependendo do fato de você estar no Linux ou no Windows. Vamos primeiro falar do Linux – especificamente, o Ubuntu.
Antes de mais nada, instale os pacotes exigidos. Abra o Synaptic e marque para instalação os seguintes pacotes: unixodbc, libmyodbc, e unixodbc-bin. O último pacote contêm as ferramenta GUI para configurar uma conexão com uma base de dados MySQL, que iremos usar ao invés de nos envolvermos com arquivos de configuração.
Uma vez que os pacotes estejam instalados, lance a ferramenta de configuração do ODBC usando o comando sudo ODBCConfig em um terminal. Clique na aba DNS do sistema e clique no botão Adicionar. Clique Adicionar novamente para cirar um novo driver ODBC. Dê ao novo driver um nome e descrição usando os campos apropriados. Assumindo que você está usando a versão 32 bits do Ubuntu, especifique o caminho para o arquivo libmyodbc.so no campo “Driver” (/usr/lib/odbc/libmyodbc.so) e entre com o caminho para o arquivo libodbcmyS.so no campo “Configuração” (/usr/lib/odbc/libodbcmyS.so). O resultado final irá parecer com o da figura. Clique no botão “Salvar e Sair” para salvar as configurações e então clique em OK para abrir a janela de propriedades da Fonte de Dados. Dê à fonte de dados um nome, entre uma descrição, e então especifique o endereço do servidor MySQL, o nome do banco de dados e a porta. Clique OK e estamos prontos para continuar.
Conectar o OpenOffice.org ao banco de dados MySQL usando a conexão criada é apenas uma questão de escolher as opções corretas no Assistente de Banco de Dados. No OpenOffice.org, escolha Novo | Banco de Daods. No Assistente de Banco de Dados, escolha “Conectar a um banco de dados existente”, selecione MySQL da lista e clique “Próximo”. Selecione a opção “Conectar usando ODBC (Open Database Connectivity) e clique “Pŕoximo”. Pesse para o Assistente a conexão ODBC criada usando o botão “Procurar”. Clique “Próximo” e entre com o nome do usuário do banco de dados no campo “Nome do usuário”. Se o usuário adicionado exigir uma senha, marque a caixa “Senha obrigatória”. Para ver se tudo funciona como esperado, clique no botão “Testar conexão”. Clique no botão “Próximo”, selecione a opção “Sim, registre o banco de dados para mim” e clique em “Concluir”. Dê um nome ao banco de dados e salve-o.

Usando o Connector/ODBC no Windows:

Se você está rodando o OOo no Windows, copie o driver ODBC para MySQL (Connector/ODBC), descompacte o arquivo copiado e execute o programa de instalação. Vá até Painel de Controle | Ferramentas Administrativas e de um duplo clique em Fontes de Dados (ODBC). Clique no DSN do Usuário e clique no botão “Adicionar”. Na lista dos drivers disponíveis, selecione “MySQL ODBC Driver”, e clique OK. Isso irá abrir a janela de configuração do Connector/ODBC. Na seção “Login”, entre a informação exigida nos campos apropriados. Clique “Test” para ver se a conexão criada funciona apropriadamente, então clique OK para salvar as configurações e fechar a janela. No OpenOffice.org, crie um novo banco de dados, como descrito anteriormente.

powered by performancing firefox

Sobre Fábio Emilio Costa
Linux, Free Software, EMACS, Rugby, Indycar, Doctor Who, Harry Potter... Yep, this is me!

2 Responses to BrOffice.org: Conectando o OpenOffice.org ao MySQL

  1. Postei no meu blog um artigo que fala de algo um pouco mais amplo, engloba o uso da ferramenta de migração do mysql, no final do artigo indico o link deste artigo. veja:
    http://vivaotux.blogspot.com/2008/03/como-migrar-dados-do-msaccess-para.html

  2. tof56 disse:

    gracias por este artículo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s